Huawei lança smartphone Mate 30 sem aplicativos do Google

A Huawei lançou seu mais poderoso smartphone. O Mate 30 Pro tem especificações técnicas de ponta, sendo apresentado pela companhia como superior aos concorrentes diretos Galaxy Note 10, da Samsung, e iPhone 11, da Apple. O primeiro lançamento da gigante chinesa após a imposição de barreiras comerciais pelo governo americano não tem aplicativos e serviços do Google instalados.

O sistema operacional será o EMUI 10, uma versão personalizada pela companhia do Android 10, fornecido pelo Google com código aberto e, por isso, livre das sanções americanas. Mas sobre os aplicativos e serviços de Mountain View, nenhuma citação durante a hora e meia da apresentação, realizada em Munique, na Alemanha.  

A Huawei é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, mas enfrenta seu maior desafio com a perda dos aplicativos do Google, como Gmail, Maps e YouTube, além da Play Store.

Assim como fez a Apple, a Huawei deu destaque ao potencial das câmeras. O conjunto desenvolvido em parceria com a renomada Leica tem quatro sensores, sendo duas câmeras principais com 40 megapixels – uma batizada como “Ultra-wide Cine” e a outra “SuperSensing Wilde”, uma telefoto de 8 megapixels e sensor de profundidade 3D.

Com esse sistema, o Mate 30 Pro oferece possibilidades raras no mercado, como zoom de até 45x, efeito blkeh em tempo real e a impressionante câmera lenta, com 7.680 quadros por segundo. A Huawei inclui compatibilidade com acessórios usados por profissionais, como o estabilizador Osmo Mobile 3, da DJI e os iluminadores Profoto C1 e C1 Plus. Na parte frontal, além da tradicional câmera para selfies, o Mate 30 Pro possui sensor 3D de profundidade, sensor de gestos e de luz ambiente e proximidade. O sensor de impressão digital e o sistema de som ficam escondidos sob a tela. O botão de volume também desapareceu, basta dar dois toques na lateral e arrastar o dedo.

Deixe uma resposta